PESQUISAS

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Brasil...........o país das prestações. O perigo do crédito fácil

Assim como houve a quebra de instituições de crédito dos Estados Unidos em 2006, o Brasil está rumando no mesmo caminho; pois se não bastasse os infames empréstimos consignados, os bancos telefonam para as pessoas oferendo empréstimos que podem ser pagos em 180 prestações em troca de juros e mais juros e até mesmo da hipoteca da casa. Está havendo uma bolha de crédito no Brasil.

Os banco por sua vez, resolveram abrir as pernas, baixando consideravelmente as taxas de juros e facilitando ainda mais o crédito. Qualquer pessoas hoje em dia que ganha menos de um salário mínimo tem cartão de crédito, a maioria, mais do que um cartão; isso pode parecer vantajoso a primeira vista, porém leva a população (que em sua grande maioria, não tem noção nenhuma de economia) a gastar muito mais do que ganha.

Todas as lojas de comércio atualmente, vendem a prazo, com prestações absurdas, em 20, 30 vezes. Vejam como exemplo o lucro que lojas como Casas Bahia tem por ano, valendo-se do povo mais pobre, vendem de tudo e seus consumidores saem da loja felizes da vida, por ter a condição de comprar uma nova geladeira, um novo fogão, um novo sofá...............mera ilusão !!!! Antes o camarada poderia ter uma geladeira de 03 anos de uso, mas era dele, hoje ele pode ter a mesma geladeira com pintura novinha, mas tem 20 prestações para pagar.


Bom esse foi o cenário nos EUA por um longo tempo, economia e crescimento econômico baseados em sua boa parte pelo crédito fácil, e veja no que deu...........a falência de vários bancos e o endividamento absurdo da população, que não conseguiam mais pagar suas dividas e suas hipotecas, gerando um empobrecimento jamais visto na maior economia do planeta..............imaginem uma crise dessas aqui !!!!

A sociedade brasileira é movida a status também, todo mundo quer mostrar que tem o carro melhor, que tem a casa maior, que tem a tv maior e por ai vai. Não estou dizendo que as pessoas não devem comprar, mas elas precisam se adequar a sua propria realidade e prioridades. Quase ninguém está preparado para momentos de crise, e pouco acham que uma crise vai acontecer, seja no pais ou em suas proprias vidas.




Não acho que exista uma solução pronta para resolver a crise. Mas, a política que o governo está fazendo com a poupança e o sistema fiscal é preocupante. E poupar, não quer dizer que se salva da crise, afinal o dinheiro não dá segurança de manter o seu valor no tempo. Nesse caso, principalmente os mais pobres que normalmente não tem como guardar dinheiro além da poupança são os mais prejudicados.
Quero é ver a desculpa desses nossos governantes quando a crise estourar, não sei se já a pequeno prazo, ou médio - mas vai estourar. As pessoas inteligentes estão percebendo que o Governo está dando o pão e circo por alguns anos, mas como a Grécia tem mostrado, um dia a casa cai e se não tivermos menos gastos, mais reformas estruturais de verdade, o país vai entrar em uma crise financeira que vai empobrecer mais da metade da população.
Triste esse nosso governo brasileiro!


sexta-feira, 25 de maio de 2012

São Paulo bate recorde histórico de congestionamento e o povo, como de costume, é tratado como gado em SP


Dia 23 de maio de 2012, um dia para entrar para a história do povo paulista; infelizmente, uma data para lamentar e nos lembrar mais uma vez da incompetência dos nossos governantes. O dia em que a cidade bateu o recorde histórico de congestionamento com mais de 240 km de vias paradas.


A maior cidade do país, umas das maiores e mais caras cidades do mundo, o centro financeiro da América latina, a cidade da abertura da copa do mundo..........apesar de todos os superlativos inerentes a grande capital do país, o governo se mostra incompetente em administrar tamanha grandeza.

Em uma cidade de tamanha grandeza, onde o povo paga impostos caríssimos por serviços públicos de péssimas qualidades, qualquer administrador com um mínimo de inteligência saberia governar a cidade com os recursos milionários que a cidade arrecada da sua população (lembrando que é uma das cidades mais caras do mundo para se viver e que o governo tem uma receita anual da ordem de bilhões, maior do que muitos países da Europa).

Primeiramente o transporte público deveria ser prioridade em qualquer metrópole e para quem mora em São Paulo sabe que a rede de metro da cidade é muito pequena e por muito tempo ficou completamente parada, sem investimentos e sem ampliação nenhuma. Recentemente a rede metroviária vem expandindo, mas isso era para ser feito a muito tempo atrás, porém como todos sabemos, nosso governo só toma uma atitude depois que a merda está feita, é preciso acontecer uma tragédia para os governantes se mobilizarem, sempre foi assim, lamentável como sempre.

Voltemos a data de 23 de maio; o povo trabalhador em SP em sua grande maioria acorda em média 5 horas da manha para enfrentar um transito de 1 - 2 horas em média, para chegar ao destino, todos os dias. Imagine a produtividade desse trabalhador; que animo uma pessoa dessas tem de ir trabalhar e desenvolver suas capacidades se todas as suas energias são exauridas antes de chegar ao serviço ?


Pois bem, neste dia 23, as pessoas levaram de 4 a 5 horas para chegar, e muitas não conseguiram chegar ao destino, outras que chegaram só conseguiram voltar para casa de madrugada; as empresas perderam milhões, a cidade perdeu bilhões, e tudo graças a incompetência dos governantes que não conseguem argumentar e propor melhorias para a classe trabalhadora que ganham uma salário de fome enquanto esses próprios governantes deram um aumento de 80 % para eles próprios (pois é, eles não precisam fazer greve para isso).

Porém, pior do que isso, foi ouvir o nosso nobre governador em entrevista a uma emissora de televisão, dizer que a greve tem motivos eleitoreiros e que a média de ganhos da categoria dos metroviários está na faixa de 4 mil reais.............ora essa, basta pegar qualquer edital de concurso do metro e ver que o salário exposto no edital não chega a 2 mil reais bruto !!!! Um governo que não dá valor nenhum aos seus funcionários não pode nunca esperar serviço de qualidade e quem sempre paga por isso é a população.

E por falar em população, esta também tem a sua parcela de culpa, pois a população em geral só se preocupa em fazer protesto e passeara inútil (marcha da maconha, passeara gls) ao invés de protestar por coisas que realmente valem a pena. O povo só se preocupa com futebol, novela e essas coisas inúteis; a eleição está ai, e o circo se repete todos os anos de eleição.



O POVO É RESPONSÁVEL POR SEUS GOVERNANTES, SE O BRASIL É UM CIRCO O POVO SÃO OS PALHAÇOS

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Estratégias utilizadas pelos líderes governantes para o controle das massas populares


 Muitas estratégias vem sendo utilizadas para controlar o povo em geral, por vários líderes, seja líderes de empresas, líderes mundias, políticos, entre outros.

Vejam algumas delas:

1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO.

O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e económicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distracções e de informações insignificantes. A estratégia da distracção é igualmente indispensável para impedir o povo de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área das ciências, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real.
 Esta estratégia é e foi muito utilizada no Brasil: Futebol, Carnaval, Big Brother, são frequentemente utilizados para mascarar os reias problemas do país, afinal, não importa se o povo se mantém na ignorância se o Brasil for campeão mundial da FIFA.

2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES.

Este método também é chamado problema-reacção-solução. Cria-se um problema, uma situação prevista para causar certa reacção no público, a fim de que este tenha a percepção que participou nas medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público exija novas leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade. Ou ainda: criar uma crise economica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos.
Muito utilizada também por governantes que se utilizam do povo miserável criando bolsas família que são na verdade, esmolas, ganhando a aceitação e adoração dos populares, quando na verdade nada fazem para tira-los dessas situações degradantes; apenas dão o mínimo para a massa ignorante sobreviver. 


3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO.

Para fazer com que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradualmente, a conta-gotas, durante anos consecutivos. É dessa maneira que condições socioeconómicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990: Estado mínimo, privatizações, precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários baixíssimos, tantas mudanças que teriam provocado uma revolução se tivessem sido aplicadas de uma só vez.

4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO.

Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo dolorosa e necessária, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é aplicado imediatamente. Segundo, porque o público - a massa - tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que tudo irá melhorar amanhã e que o sacrifício exigido poderá vir a ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se à ideia da mudança e de aceitá-la com resignação quando chegar o momento.
Por esse motivo que várias decisões politicas que só prejudicam os mais pobres são anunciadas muito tempo antes de serem executadas; o povo ignorante sempre tem mais esperança no futuro e também esquecem de muitas coisas que foram propostas em anos anteriores.

5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO SE DE CRIANÇAS SE TRATASSEM. 
 
A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entoação particularmente infantis, muitas vezes próximos da debilidade mental, como se cada espectador fosse uma criança de idade reduzida ou um deficiente mental. Quanto mais se pretende enganar ao espectador, mais se tende a adoptar um tom infantilizante. Porquê? Se você se dirigir a uma pessoa como se ela tivesse 12 anos ou menos, então, em razão da sugestionabilidade, ela tenderá, com certa probabilidade, a dar uma resposta ou reacção também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade.
Basta assistirmos as campanhas políticas no horário eleitoral para averiguarmos isso. Os políticos poucas vezes se dirigem ao público propondo soluções sérias, ao invés disso, utilizam de musicas do gosto popular (forró, rap, funk) com letras infantis e até mesmo se fantasiam de personagens para obterem votos.




6- UTILIZAR MUITO MAIS O ASPECTO EMOCIONAL DO QUE A REFLEXÃO.

Fazer uso do discurso emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e pôr fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registo emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para incutir ideias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos.
Todos sabem que um discurso mentiroso com lágrimas e emoção vale mais do que um discurso racional e frio.

7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE.

Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para o seu controle e escravidão. A qualidade da educação dada às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores e as classes sociais superiores seja e permaneça impossível de eliminar.
Aqui está o motivo do ensino fundamental e médio ser uma verdadeira porcaria no país, um povo ignorante e que não raciocina, geralmente concorda com os mais poderosos e são manipulados facilmente, como ovelhas em um rebanho. (A igreja utiliza muito dessa estratégia também, para que suas ovelhas só obedeçam e nunca questione nada).

8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE.

Promover no público a ideia de que é moda o facto de se ser estúpido, vulgar e inculto.
Aqui as emissoras de televisão são mestres em promover esta alienação; emissoras como a globo, record, entre outras sempre mostram a idéia de que ser rico é ruim e ser pobre é que está na moda; mostram que é chique viver no morro hj em dia, está na moda trair o companheiro, ter várias amantes, beber até cair, ir em baile funk sem calcinha e foder com todos da festa. A televisão sempre foi o porta voz de qualquer governo para que o povo faça e seja oque convém aos governates.



9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE.
 
Fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência da sua inteligência, de suas capacidades, ou do seu esforço. Assim, ao invés de revoltar-se contra o sistema económico, o indivíduo autocritica-se e culpabiliza-se, o que gera um estado depressivo, do qual um dos seus efeitos mais comuns, é a inibição da ação. E, sem ação, não há revolução!

10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM. 
 
No decorrer dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado um crescente afastamento entre os conhecimentos do público e os possuídos e utilizados pelas elites dominantes. Graças à biologia, à neurobiologia e à psicologia aplicada, o sistema tem desfrutado de um conhecimento avançado do ser humano, tanto física como psicologicamente. O sistema tem conseguido conhecer melhor o indivíduo comum do que ele mesmo conhece a si mesmo. Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos do que os indivíduos sobre si próprios.
A ignorância leva sempre ao controle, uma lição que qualquer lider sabe e executa muito bem.


Pois é, se voce chegou até aqui e leu o texto, que realmente é grande, parabéns.......você talvez seja uma pessoa que não se deixou levar ao controle das massas e raciocína sobre o mundo em que vivemos. Infelizmente, pessoas assim estão cada dia mais raras atualmente.   COMENTEM !!!!!!!!!

terça-feira, 1 de maio de 2012

O caminho evolutivo que a sociedade global vem tomando atualmente


Há algo que venho observando ao longo desses anos, e vem me fazendo questionar muito seriamente que rumo a sociedade de um modo global vem tomando, levando em conta o caminho evolutivo da humanidade. Resolvi escrever esse post para tentar exprimir um pouco das minhas observações e alertar para o grande perigo que a sociedade caminha, é algo realmente preocupante e vem me fazendo refletir muito esses últimos meses.



Quem nasceu nos anos oitenta, ou em anos anteriores, pode observar mais claramente essa mudança em nossa juventude atualmente; todos é claro já passaram pela adolescência e foram jovens um dia, mas relembrando esses dias, fica claro em minha mente um sentimento de saudades, de tempos em que íamos para as tais "baladas" para dançar (quem não se lembra dos passinhos das músicas que todos faziam), para paquerar também, mas era uma época que se tinha respeito (ninguém chegava beijando, se esfregando), existia a conquista, a galera saia para se divertir, fazíamos amigos nas festas, conhecíamos gente (realmente conhecíamos).

Era uma época em que existiam programas infantis, e realmente programas bons, que se bobear, gostamos de assistir até hoje, existiam desenhos de qualidade, existiam musicas de qualidade, que realmente contestavam algo, nos diziam algo que valia a pena, nos faziam pensar.

Isso tudo pode parecer um grande saudosismo, papo de quem esta ficando velho.........talvez até seja em um certo ponto, mas acredito que há algo mais por trás disso tudo. Quanto mais observo no mundo atualmente, mais me decepciono com o rumo que a coisa toda vem tomando.

Em primeiro lugar, para quem estuda um pouco de bioenergia corporal, e conhece alguma coisa de filosofia oriental sabe que a energia que move o mundo é a energia sexual, o chakra mais desenvolvido no corpo humano é o chakra sexual, devido ao nosso atual estado de evolução; porém para o ser humano evoluir ele deve ir além e não se deixar controlar por essa energia sem raciocinar logicamente; pois afinal, somos seres racionais, seres pensantes, e diferentes dos animais que agem por instinto e se deixam levar por essa energia que é tão forte. Vejam na figura abaixo o chakra sexual destacado (em laranja).



Muito do que eu vejo hoje em dia me levar a crer que a maioria da população esta tomando o rumo errado da evolução, esta se deixando levar pelo lado irracional, o lado do prazer, do simples prazer, e não o lado do amor, da compaixão pelo próximo.

Vejam como exemplo as musicas que fazem sucesso atualmente, todas apelando para o erotismo, para o lado sexual, para o prazer carnal, material. Letras escrachadas, coreografia de danças que simulam o ato sexual, palavras de baixo calão ditas sem pudor nenhum..............é isso que faz sucesso hoje em dia, e vem crescendo cada vez mais. Todo final de semana os bailes funk explodem pela cidade e são regados a bebidas, drogas, putaria. Essa é a grande curtição da juventude hoje atualmente.

Na televisão, oque faz sucesso é o sexo..........as novelas apelam para o sexo, sempre existe traição, pessoas que se casam por interesse material, pessoas que se deixam levar claramente pelo prazer animal; na internet oque mais faz sucesso são os sites pornográficos, tudo gera em torno da pornografia e isso dá dinheiro como se fosse água, sexo vende mais do que qualquer droga e os que viram isso estão milionários atualmente.

A publicidade só vende se tiver uma mulher semi nua mostrando seus produtos (basta olhar comercial de cerveja, de carro), programas de TV só tem audiência se tiver mulher semi nua dançando (todo programa de auditório tem alguma modelo dançando não é?)

A energia sexual é conhecida como a energia da vida, porém apenas animais irracionais se deixam levar por ela, e a colocam em um lugar mais alto do que a energia racional, dos chackras superiores, a energia do amor, e as energias dos últimos chakras da cabeça, que são o intelecto, o despertar espiritual, o despertar da lótus de mil pétalas.

O conceito de família esta cada dia mais destruído, todos só pensam em si mesmos e não buscam ajudar ninguém, todos só agem com o ego, não se ligam em mais ninguém, só dizem "eu sou", "eu quero", "eu tenho", eu eu EU.

Para quem conhece um pouco de espiritismo e oque fala as religiões orientais; estamos atravessando uma época muito perigosa, pois as pessoas são só egos, o mundo está materialista ao extremo, os nossos instintos estão sobrepujando a nossa capacidade de raciocínio, e energias muito grosseiras (sexuais, inveja, egoismo) estão se sobrepujando as energias mais sutis, e fiquem sabendo que pensamentos e tudo isso que é gerado fica impregnado na atmosfera, no planeta como um todo e influenciam a todas as pessoas.

Uma grande mudança está chegando, e talvez algo deva ser feito para que essas energias grosseiras sejam dissipadas do planeta, caso contrario, podemos involuir ao invés de evoluir.

E para aqueles que leram esse post, e forem muito pouco desenvolvidos mentalmente, pensando (esse cara não gosta de sexo, deve ser viado), só lhes digo uma coisa: Sexo é maravilhoso quando usado com amor, feito com quem se ama, é uma das energias mais poderosas e lindas desse plano terreno, porém sexo usado sem amor é promiscuidade, é energia animal, é energia grosseira..........quem faz projeção astral sabe disso e sente na própria pele como é difícil controlar isso no plano astral, e vê regiões imensas no umbral de entidades aprisionadas nessa energia sem controle mental nenhum (planos sexuais), porém isso é assunto para outro post..............não estamos prontos para entender isso ainda.



COMENTEM !!!!!

Oque voce mais gosta de ler no site ?